Já se estima que Star Wars: O Despertar da Força vai quebrar recordes de bilheteria; além disso, o filme também deve faturar alto com licenciamento.

Segundo a empresa Macquarie Securities (via Hollywood Reporter), o longa pode ganhar até 5 bilhões de dólares com vendas de produtos em seu primeiro ano, faturando mais que os US$ 3 bilhões de Carros 2. Dessa fatia, a Disney deve retirar sozinha cerca de 500 milhões de dólares.

As vendas de produtos relacionados a O Despertar da Força já começam na próxima semana em alguns países – veja fotos da linha de brinquedos da Hasbro baseada no filme.


Cartazes mostram Kylo Ren e heroína do novo Star Wars

Dirigido por J.J. Abrams, Star Wars: O Despertar da Força, o sétimo capítulo e início de uma nova trilogia de filmes, chega aos cinemas em 17 de dezembro deste ano. A superprodução ocupará toda as salas IMAX do EUA durante seu primeiro mês de lançamento.

“O Despertar da Força é o melhor Star Wars”, diz lendário artista

Já Star Wars: Episódio 8 terá direção de Rian Johnson e estreia em maio de 2017. Abrams descartou seu retorno à franquia, mas diz que aprova seu substituto – leia mais. Colin Trevorrow, de Jurassic World, recentemente foi confirmado na direção do Episódio IX.

Kylo Ren não é um Sith e novo Império foi inspirado nos nazistas

A franquia também ganhará filmes derivados; o primeiro é o longa de assalto Star Wars: Rogue One, com lançamento marcado para 16 de dezembro de 2016. O próximo derivado será um filme sobre as origens de Han Sololeia mais.