The Man Who Killed Don Quixote é adiado após diagnóstico de câncer de John Hurt

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há anos em gestação, The Man Who Killed Don Quixote sofrerá um um novo atraso, dessa vez por conta do diagnóstico de câncer de John Hurt. As informações são do The Times.

Segundo a publicação, a seguradora do filme, que será dirigido por Terry Gilliam (Os Irmãos Grimm, Os 12 Macacos), pretende esperar o fim do tratamento do ator de 75 anos para dar sinal verde à produção.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Terry parece estar bem otimista que vamos começar a gravar logo. Isso é bom”, afirmou Hurt, em tom irônico.

A trama vai acompanhar o diretor de comerciais Toby Grossini (Jack O’Connell), que chega até a Espanha para uma filmagem e recebe de um cigano um filme amador. Ele assiste, fica encantado com a adaptação contemporânea de Dom Quixote que vê e inicia uma jornada atrapalhada pelo país para encontrar a pequena cidade que serviu de locação para a genial obra. John Hurt intpretará Quixote.

Não há previsão de lançamento para The Man Who Killed Don Quixote, aprovado em junho pela Amazon Studios.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio