Oscar Isaac conversou com a Paste Magazine sobre o fato de participar de duas das franquias mais populares do cinema, Star Wars e X-Men. Durante a entrevista, o ator diz ter um sentimento de “nostalgia” e fala que encarnar o vilão titular de X-Men: Apocalipse foi como “brincar de Deus”.

“Eu sempre fui um grande fã de Star Wars. Eu era um grande fã de X-Men também, particularmente do vilão Apocalypse, então foi interessante ver as coisas se juntarem. Fiquei animado em explorar esses mundos. Existe algo mítico nisso, basicamente é como brincar de Deus. É um desafio. Foi muito divertido participar de X-Men, confessou.

Bryan Singer anuncia o fim das filmagens principais


X-Men: Apocalipse é a continuação de Dias de um Futuro Esquecido. O filme, que se passará em 1983, mostrará a origem dos mutantes e incluirá novos e antigos personagens na trama.

Bryan Singer defende visual do vilão Apocalipse e fala sobre Magneto

Nos quadrinhos, Apocalipse é presença constante desde que surgiu em X-Factor #6. Considerado o mutante mais velho, surgido no Egito Antigo, o vilão tem o poder de reorganizar a estrutura do próprio corpo – pode, por exemplo, esticar-se ou aumentar de tamanho – e manipular campos de força, elementos e rajadas de energia, entre outras habilidades. Ao ter acesso a tecnologia alienígena, Apocalipse também conseguiu prolongar sua vida por milênios.

As surpresas do primeiro trailer de X-Men: Apocalipse

Dirigido por Bryan Singer, o filme chega aos cinemas brasileiros em 26 de maio de 2016.

Tudo sobre: X-Men – Apocalipse