Lea Seydoux, a intérprete da Dra. Madeleine Swann em 007 Contra Spectre, confessou em entrevista ao The Sun que suas cenas românticas com Daniel Craig (James Bond) foram constrangedoras.

“Sempre é estranho [fazer cenas românticas]. É meio surreal na hora, mas depois fica divertido”.

A atriz francesa relembrou que esta não foi a primeira vez que ela e Craig fizeram “desconfortáveis” cenas.


“Há alguns anos, nós dois fizemos testes juntos para ‘Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres’. Acho que eu o beijei, mas não me lembro. Foi tão estranho e eu estava tão assustada”, admitiu.

Por fim, Lea Seydoux comentou sua estreia como Bond Girl:

“Não me importo com o clichê da Bond Girl. Mas Madeleine é muito diferente. E para me escolherem como uma Bond Girl, é uma afirmação. Não sou a típica garota James Bond.

007 Contra Spectre será o filme mais longo da franquia de James Bond com 148 minutos (2 horas e 28 minutos) e estreia no Brasil em 5 de novembro.

Além de marcar a possível despedida de Daniel Craig do papel, 007 Contra Spectre também pode ser o último do diretor Sam Mendes na franquia – leia mais.

Em 007 Contra Spectre, uma enigmática mensagem do passado de James Bond (Daniel Craig) o coloca no caminho para desvendar uma sinistra organização. Enquanto “M” (Ralph Fiennes) luta contra forças políticas para manter vivo o serviço secreto, Bond combate a fraude para revelar a terrível verdade por trás da SPECTRE.

Christoph Waltz, Lea Seydoux, Naomie Harris, Ben Whishaw, Dave Bautista e Monica Bellucci completam o elenco. Sam Mendes (007 – Operação Skyfall) retorna para dirigir Spectre.

O novo longa do agente secreto será lançado mundialmente no dia 26 de outubro, em Londres. Esta é a primeira vez na história que o filme vai abrir na mesma noite em cinemas de todo o Reino Unido e Irlanda, dando ao público a oportunidade de serem os primeiros no mundo a verem a aguardada sequência.

Tudo sobre: 007 Contra Spectre