Charlize Theron roubou a cena como a Imperatriz Furiosa em Mad Max: Estrada da Fúria, mas não deve estar na continuação do filme. A informação foi revelada pelo diretor George Miller em entrevista ao Digital Spy.

“Eu não tenho certeza é a resposta. Ela não está na história da sequência, mas em uma das cenas há uma interação entre Max e Furiosa. Eu realmente não posso dizer mais que isso, porque a sequência ainda está andamento”, disse o cineasta, implicando que talvez haja uma esperança de Furiosa ser inserida posteriormente na trama.

Miller também afirmou que o nome divulgado para a sequência, Mad Max: The Wasteland, pode não ser o título final.


“Esse nome veio à cabeça, mas é apenas um título de trabalho. Nico Lathouris e eu escrevemos profundas histórias de fundo dos personagens e eventualmente elas se tornaram roteiros – então temos material para mais dois filmes”.

Por falar nisso, o diretor deu a entender que está negociando com o estúdio a realização das duas novas sequências de Mad Max, mas que não devem acontecer tão cedo.

“Estou feliz em dizer que estão acontecendo discussões sobre esses filmes agora, mas eu espero que meu próximo filme seja pequeno, sem efeitos especiais e com poucas acrobacias”.

Mad Max: Estrada da Fúria revisita a trilogia pós-apocalíptica do diretor George Miller, que começou em 1979 com o anti-herói conhecido como Mad Max. Tom Hardy protagoniza o filme no papel de Max Rockatansky ao lado de Charlize Theron, Nicholas Hoult, Zoe Kravitz, Riley Keough, Hugh Keays-Byrne e Rosie Huntington-Whiteley.