Em entrevista para promover a cinebiografia Steve Jobs, Danny Boyle comentou a sequência de seu clássico, Trainspotting – Sem Limites (1996), que começa a ser rodado entre maio e junho de 2016.

O cineasta revelou à Vulture que tentou tirar Trainspotting 2 do papel há 10 anos, mas “nem sequer enviei o roteiro para os atores, porque eu sabia que isso iria devastá-los”.

Agora que amadureceu o projeto, Danny Boyle disse que o roteiro “honra o original e não vai decepcionar as pessoas”. “Não é o mesmo filme, nem queremos que seja”, acrescentou.


Para outra publicação, o diretor admitiu estar preocupado com a opinião das pessoas sobre o segundo filme.

“As pessoas vão nos matar se fizermos um trabalho ruim. Vou ser totalmente crucificado. Mas você precisa superar os riscos, e se conseguir se fortalecer com isso, pode acabar fazendo um filme decente”.

A sequência de Trainspotting foi escrita por John Hodge, indicado ao Oscar pelo roteiro do cult original. O roteirista assinou a continuação ao lado de Irvine Welsh, autor do livro que deu origem à franquia.

O elenco original, composto por Ewan McGregor, Johnny Lee Miller, Robert Carlyle e Ewen Bremner, já teve seu retorno garantido.