A Disney foi obrigado a cancelar seu planos de colocar o Gênio da lâmpada dublado por Robin Williams em Aladin (1992) em possíveis sequências da animação.

Ume executivo do estúdio confirmou a informação em entrevista ao The Times of London. Segundo ele, um documento descoberto após a morte de Williams, que se suicidou em agosto do ano passado, impede “a exploração de seu nome e o uso de gravações de voz ou vídeo dele por até 25 anos” após sua morte.

Essa medida teria sido tomada para proteger a família do veterano ator de possíveis ganhos ilegais com sua imagem póstuma.


Segundo a publicação, havia material inédito suficiente do Gênio de Robin Williams para ser introduzido em novos filmes de Aladin.

No momento, a Disney está desenvolvendo um filme com atores sobre o Gênio da lâmpada. Intitulado Genies, o longa servirá como um prelúdio de Aladdin e vai girar em torno do reino dos gênios, contando as origens do personagem e como ele acabou ficando preso dentro da lâmpada.

A intenção do estúdio é desenvolver uma nova franquia, culminando em uma versão com atores do próprio Aladdin.

Os roteiristas Damian Shannon e Mark Swift, do remake de Sexta-Feira 13, vão escrever o roteiro de Genies, que ainda não tem cronograma definido.