Há pouco menos de um ano, hackers invadiram contas de e-mails de executivos da Sony e revelaram uma série de documentos sigilosos e pessoais. Entre um deles, uma conversa entre o produtor Scott Rudin e a ex-presidente do estúdio, Amy Pascal, em que Angelina Jolie é criticada por Rudin.

A atriz decidiu se pronunciar apenas agora sobre a polêmica durante entrevista ao The New York Times. Jolie confessou que não leu os e-mails vazados, mas ficou sabendo que o produtor a chamou de “mimada” e, pelo visto, não ficou chateada com isso.

“Tem certas coisas que me incomodam e certas coisas que não. Ataques pessoais a mim? Já estou acostumada com isso. Honestamente, meu primeiro instinto foi me preocupar com Amy. Eu pedi alguém para ligar e ver se ela estava OK. Não porque eu sou uma santa, mas sim porque temos que ver a situação em geral. Ela tem crianças. Eu sabia que [o vazamento de e-mails] seria algo difícil de lidar”, afirmou.


Em um recente artigo escrito por Jennifer Lawrence sobre a desigualdade de gêneros em Hollywood, a estrela de Jogos Vorazes saiu em defesa de Angelina jolie.

“Isso não tem NADA a ver com a minha vagina, mas quando um e-mail vazado da Sony revelou um produtor se referindo a uma colega de trabalho durante negociações como uma mulher ‘mimada’, por algum motivo, eu não consigo imaginar alguém dizendo isso sobre um homem”, disse ela.

Jolie retornará aos cinemas no final do ano ao lado do marido Brad Pitt em À Beira Mar (By the Sea). O filme volta a reunir o casal pela primeira vez desde Sr. e Sra. Smith (2005).

Situado na França, durante meados dos anos 1970, o drama traz Angelina Jolie como a ex-dançarina Vanessa e Pitt como seu marido, Roland, um escritor americano. Conforme viajam pelo país juntos, eles parecem estar se distanciando, mas quando param em uma tranquila cidade costeira, começam a se aproximar de seus mais vibrantes habitantes.

Escrito e dirigido por Jolie, o longa com roteiro original foi rodado na segunda maior ilha de Malta. Angelina definiu seu filme de baixo orçamento como “experimental e independente”.

À Beira Mar estreia no Brasil em 3 de dezembro.