Peter Jackson revelou em um featurette da edição estendida de O Hobbit que passou a maior parte da trilogia “improvisando”.

O diretor de O Senhor dos Anéis justifica que ter substituído Guillermo Del Toro no meio da produção do primeiro O Hobbit acabou o deixando sem muito tempo para preparar seu retorno à Terra Média.

“Guillermo Del Toro teve que sair e eu assumi o projeto. Como não conseguimos voltar no tempo um ano e meio para eu me preparar para o filme, já que o que ele estava fazendo era diferente, foi quase impossível [fazer o filme]. E como consequência disso, eu comecei a rodar o filme sem estar preparado. Eu não sabia que diabos estava fazendo quando assumi O Hobbit, confessou.


“Tive que chegar no set e improvisar as coisas”, continuou. “Você tem essas cenas grandiosas e complicadas, sem storyboards, e ainda está sob pressão… Eu passei a maior parte de O Hobbit sentindo não estar dando o meu melhor. Então foi uma situação de muito estresse”, concluiu.

Veja a entrevista de Peter Jackson no vídeo de bastidores da trilogia:

https://www.youtube.com/watch?v=SQkygZdZ_Vk

A edição em Blu-Ray e DVD de O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos incluirá 20 minutos de cenas extras e mais de 9 horas de bônus. Já a versão estendida de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada terá 182 minutos (13 minutos a mais que a versão dos cinemas), enquanto a de O Hobbit: A Desolação de Smaug terá 186 minutos (25 minutos além da versão original). As edições chegarão aos EUA em 17 de novembro.

Juntos, os três filmes da saga O Hobbit somaram US$ 2,92 bilhões nas bilheterias.