Jennifer Lawrence (franquia Jogos Vorazes) protagonizou as primeiras cenas de sexo da carreira com Chris Pratt (Jurassic World, Guardiões da Galáxia) na ficção científica romântica Passengers.

Ao Hollywood Reporter, a atriz definiu a experiência como “bizarra” e contou que tentou ficar “muito, muito bêbada” para fazer as cenas quentes, mas o plano não deu certo. “Isso levou a mais ansiedade”, segundo ela.

Lawrence revelou ainda ter se sentindo muito culpada após as gravações das cenas:


“Quando eu cheguei em casa [depois das cenas], me perguntei, ‘O que eu fiz? Eu não sei’. E ele é casado. E foi meu primeiro beijo em um homem casado. E a culpa é o pior sentimento. Eu sabia que era meu trabalho, mas meu estômago não entendeu isso. Então eu liguei para a minha mãe e perguntei, ‘Pode me dizer se o que eu fiz está certo?’. Eu fiquei muito vulnerável… Nunca estive tão vulnerável assim em toda a minha vida”.

Passengers se passa numa nave espacial que transporta milhares de pessoas para um planeta colônia. Quando acontece uma avaria em uma de suas câmaras de sono, um único passageiro (Pratt) é despertado 90 anos antes de qualquer outra pessoa.

Diante da perspectiva de envelhecer e morrer sozinho, ele finalmente decide acordar uma passageira feminina (Lawrence), marcando o início do que se torna uma história de amor única. Laurence Fishburne e Michael Sheen (Saga Crepúsculo, Masters of Sex) também estão no elenco, com o último dando voz a um robô que interage com os passageiros.

Jennifer Lawrence ganhará US$ 20 milhões para estrelar o filme, enquanto Chris Pratt vai receber US$ 10 milhões. Estima-se que os altos salários dos protagonistas possa inflar o orçamento do longa do diretor Morten Tyldum (indicado ao Oscar por O Jogo da Imitação) em até US$ 90 milhões.

O roteiro foi escrito por Jon Spaihts (Prometheus e do vindouro Doutor Estranho).

Passengers tem estreia programada para 21 de dezembro de 2016 nos EUA.

Veja as primeiras fotos do set: