Enquanto o trailer de WarcraftO Primeiro Encontro de Dois Mundos, previsto para sair hoje (6 de outubro), não sai, o diretor Duncan Jones vai falando sobre o filme.

Em entrevista ao site EW, o cineasta prometeu que o filme baseado em World of Warcraft quebrará a “maldição” das péssimas adaptações de game para os cinemas.

“Em primeiro lugar, eu diria que esse estigma também já foi associado às adaptações de quadrinhos. Foi preciso uma geração inteira de cineastas, que cresceram lendo quadrinhos e amam isso, para criar filmes relevantes do gênero. Acho que isso é o que acontece com filmes de videogames”, opinou.


“Eu sou da geração dos gamers que jogavam Atari, Commodore 64 e o Amiga. Sou um gamer de coração e sempre fui”, continuou. “Mas também sou cineasta. Acho que a minha sensibilidade com os personagens e a narração de histórias vêm automaticamente quando estou trabalhando com qualquer tipo de narrativa. Não importa a fonte, sempre tentarei fazer uma história intrigante com personagens relacionáveis”, concluiu.

Warcraft acompanhará o conflito gerado pelo primeiro contato entre orcs e humanos, mostrando os dois lados da história. De um lado está Anduin Lothar (Travis Fimmel), o personagem principal da Aliança, que sacrificou tudo para manter salvo o povo de Azeroth, e do outro Durotan (Toby Kebbel), o principal personagem da Horda, nobre chefe do clã Frostwolf, que batalha para salvar seu povo e sua família da extinção.

Completam o elenco: Ben Foster (Medivh), Ben Schnetzer (Khadgar), Clancy Brown (Blackhand), Daniel Wu (Gul’Dan), Dominic Cooper (Rei Llane Wrynn) e Paula Patton (Garona).

Dirigido por Duncan Jones (Lunar), WarcraftO Primeiro Encontro de Dois Mundos estreia no Brasil em 9 de junho de 2016.