Cuidando da pós-produção de X-Men: Apocalipse, o diretor Bryan Singer postou uma foto na sala de edição do filme ao lado do editor John Ottman. Na legenda, ele promete um teaser trailer para “breve”; veja a imagem mais abaixo.

Segundo a publicação canadense Le Journal de Montréal, o novo X-Men terá refilmagens em janeiro e deve contar com a participação de Hugh Jackman como Wolverine.

A equipe e o elenco do filme vão passar algumas semanas rodando as cenas adicionais no Mel’s Studio, mesma locação usada pelo novo X-Men este ano.


“Desde o início da civilização, ele era adorado como um deus. Apocalipse, o primeiro e mais poderoso mutante do universo da Marvel, acumulou os poderes de muitos outros mutantes, tornando-se imortal e invencível. Ao acordar depois de milhares de anos, ele está desiludido com o mundo em que se encontra e recruta uma equipe de mutantes poderosos, incluindo um desanimado Magneto (Michael Fassbender), para purificar a humanidade e criar uma nova ordem mundial, sobre a qual ele reinará. Como o destino da Terra está na balança, Mística (Jennifer Lawrence), com a ajuda do Professor X (James McAvoy), deve liderar uma equipe de jovens X-Men contra o seu maior inimigo até então e salvar a humanidade da destruição completa”, diz a sinopse oficial.

Recentemente, o roteirista/produtor Simon Kinberg afirmou que X-Men: Apocalipse servirá como a conclusão da franquia (leia aqui), portanto, o próximo filme deve iniciar um novo capítulo na história dos mutantes.

Dirigido por Bryan Singer, X-Men: Apocalipse será lançado em 26 de maio de 2016.

Nos quadrinhos, Apocalipse é presença constante desde que surgiu em X-Factor #6. Considerado o mutante mais velho, surgido no Egito Antigo, o vilão tem o poder de reorganizar a estrutura do próprio corpo – pode, por exemplo, esticar-se ou aumentar de tamanho – e manipular campos de força, elementos e rajadas de energia, entre outras habilidades. Ao ter acesso a tecnologia alienígena, Apocalipse também conseguiu prolongar sua vida por milênios.