Star Wars 7 | Pôster chinês diminui John Boyega e gera controvérsia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A polêmica em torno da escalação de John Boyega, um dos protagonistas de Star Wars: O Despertar da Força, voltou à tona com o lançamento do cartaz chinês do filme.

Tudo porque a arte diminuiu a presença do ator afro-americano, que interpreta Finn, um Stormtrooper renegado, além de ter excluído Chewbacca. Após a divulgação do pôster, internautas de todo o mundo expressaram revolta nas redes sociais, suscitando a possibilidade de racismo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Compare mais abaixo a versão original do cartaz com a versão chinesa e tire suas conclusões.

Durante coletiva do Film Independent Spirit Awards Nominations, John Boyega confessou ao site E! que ainda não viu a versão final de Star Wars 7.

E o ator mal consegue conter o entusiasmo para assistir ao filme. “Eu ainda não vi o filme, a edição final. Então será divertido quando eu finalmente conseguirei assistir. Nós estamos tão perto [da estreia]. Ah, meu Deus, tão perto!”.

Boyega conta como conseguiu papel e diz ter Robert Downey Jr. como mentor

Star Wars: O Despertar da Força terá 136 minutos – 2 horas e 16 minutos – se tornando um dos mais curtos da franquia, junto com A Ameaça Fantasma.

Harrison Ford já viu o filme e diz o que achou

O filme original de 1977 teve 121 minutos, O Império Contra-Ataca (1980) contou com 124 minutos, O Retorno de Jedi (1983) teve 134 minutos, enquanto os dois últimos filmes da segunda trilogia chegaram a 142 minutos (Ataque dos Clones) e 140 minutos (A Vingança dos Sith).

Estima-se uma abertura história de Star Wars7 nos EUA. Segundo o Collider, o filme deve faturar “no mínimo” US$ 225 milhões em seu primeiro fim de semana, superando os recordistas anteriores, Jurassic World (US$ 208 milhões) e Os Vingadores (US$ 207 milhões).

Já se especula também que O Despertar da Força pode fazer a maior estreia de todos os tempos pelo mundo, recorde que atualmente pertence a Jurassic World.

Steven Spielberg acredita que novo filme será o maior de todos os tempos

Dirigido por J.J. Abrams, Star Wars: O Despertar da Força, o sétimo capítulo da saga e início de uma nova trilogia de filmes, estreia no Brasil em 17 de dezembro. A superprodução ocupará toda as salas IMAX do EUA durante seu primeiro mês de lançamento.

J.J. Abrams diz que duelos de sabre de luz são mais “agressivos”

“Luke Skywalker é tratado como mito no filme”, diz diretor

Já Star Wars: Episódio 8 terá direção de Rian Johnson e estreia em maio de 2017; candidatas à protagonista feminina já estão sendo procuradas (conheça as primeiras). Abrams descartou seu retorno à franquia, mas diz que aprova seu substituto – leia mais. Colin Trevorrow, de Jurassic World, recentemente foi confirmado na direção do Episódio IX e já começou a se preparar para o filme – veja aqui.

A franquia também ganhará filmes derivados; o primeiro é o longa de assalto Star Wars: Rogue One, com lançamento marcado para 16 de dezembro de 2016. O próximo derivado será um filme sobre as origens de Han Solo – leia mais.

Tudo sobre Star Wars: O Despertar da Força

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio