13 Horas | Mulher é baleada durante exibição do filme do diretor de Transformers

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma mulher foi baleada durante uma exibição de 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi, novo filme de Michael Bay (franquia Transformers), em um cinema de Washington (EUA) na noite de quinta-feira (21).

De acordo com a agência Associated Press, a polícia já prendeu o suspeito, que admitiu ter atirado com sua arma de fogo acidentalmente na mulher, que estava sentada à frente dele na sala de cinema.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Visivelmente embriagado, o homem disparou a arma cerca de 20 minutos depois do início do filme. Após o incidente, a polícia evacuou a sala de cinema onde ocorreu o incidente, mas manteve o funcionamento do cineplex, porque o atirador já havia fugido quando os policiais chegaram ao local.

O suspeito, um homem de 29 anos, retornou para sua casa após ter baleado a mulher e ligou quase duas horas depois para o 911 (serviço de emergência dos EUA), alegando que derrubou sua arma na sala de cinema e que ela disparou sozinha ao cair no chão.

A mulher atingida está em estado grave, mas segundo a AP, é esperada uma recuperação.

13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi, drama sobre os atentatos de 11 setembro de 2012, chegará ao cinemas brasileiros em 18 de fevereiro.

Assista ao intenso trailer em português

Baseada no livro de não ficção “Thirteen Hours: A Firsthand Account of What Really Happened in Benghazi”, de Mitchell Zuckoff, o filme mostrará o que realmente aconteceu no ataque terrorista a uma base especial dos EUA na cidade de Benghazi, na Líbia, no 11º aniversário dos atentatos de 11 de setembro, que conduziu à morte do embaixador J. Christopher Stevens. Uma equipe formada por seis agentes de segurança tentou impedir a tragédia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio