Hoje Eu Quero Voltar Sozinho | Globo é acusada de homofobia após cancelar exibição do filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Rede Globo anunciou a exibição de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho para o Supercine do último sábado, mas na última hora resolveu colocar no lugar a comédia Casa da Mãe Joana 2. A troca de filmes, no entanto, está rendendo controvérsia até agora.

Internautas continuam acusando a emissora de homofobia ao deixar de exibir o romance gay para transmitir uma comédia acusada de fazer piadas com teor homofóbico. Diante da polêmica, a Globo decidiu se manifestar e soltou um comunicado explicando que a exibição do filme não foi cancelada, apenas “reprogramada”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Gostaríamos de esclarecer que a exibição de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho não foi cancelada, mas reprogramada, o que não é incomum numa rede de televisão.

Importante acrescentar também que o respeito ao outro e a valorização da diversidade são componentes essenciais da identidade Globo. Possuímos um amplo histórico de contribuição na luta pela defesa de direitos, condenamos o preconceito e atuamos intensamente no combate à homofobia em novelas, campanhas e reportagens”, disse o comunicado.

Não há nova previsão para Hoje Eu Quero Voltar Sozinho ir ao ar na TV aberta.

Indicado para representar o Brasil no Oscar em 2014, o drama gay acompanha Leonardo (Guilherme Lobo), adolescente cego cuja vida muda completamente quando um novo aluno, Gabriel (Fabio Audi), entra no colégio. O adolescente precisa lidar com o ciúme da amiga e também com os inesperados sentimentos que o recém-chegado desperta nele.

Assista ao trailer:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio