Publicidade

Kathryn Bigelow fará filme sobre os motins de Detroit em 1967

Publicado por Redação

29/01/2016 08:00

A diretora Kathryn Bigelow (vencedora do Oscar por Guerra ao Terror e indicada por A Hora Mais Escura) já definiu seu próximo trabalho: um drama criminal, ainda sem título, sobre os motins de Detroit em 1967. Este será o 10º filme da cineasta.

O projeto reunirá Bigelow com o roteirista e seu frequente colaborador Mark Boal. Este será o primeiro roteiro de Boal sobre conflitos domésticos – tanto Guerra ao Terror quanto A Hora Mais Escura se passaram no Oriente Médio.

A produção vai acompanhar a devastadora onda de revolta popular e violência que tomou conta da cidade americana ao longo de cinco dias, deixando 43 mortos, mais de 340 feridos e 7.000 edifícios queimados.

Em comunicado, Boal disse já estar pesquisando e desenvolvendo o projeto, “que vai explorar o racismo sistêmico que acontece na área urbana de Detroit há mais de um ano”.

O lançamento está sendo programado para 2017, ano de 50º aniversário dos motins. A escalação de elenco começa daqui a dois meses para filmagens na metade do ano.

Megan Ellison e Matthew Budman servirão como produtores ao lado de Kathryn Bigelow e Mark Boal.

Além do filme sobre Detroit, Bigelow e Boal preparam uma série sobre jihadistas para a HBO – leia mais.

Publicidade