O Homem de Aço 2 | George Miller explica por que recusou dirigir o filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

George Miller (franquia Mad Max) explicou ao The Daily Beast o motivo por trás da sua decisão de não dirigir a sequência de O Homem de Aço.

“Eu gosto do universo DC, de todas as suas histórias de super-heróis, pois els são encarnações modernas das mitologias grega e romana. Infelizmente, existem muitas histórias que eu gostaria de contar mas não tenho tempo suficiente para isso”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cineasta já admitiu anteriormente que se encontrou com a Warner Bros. para discutir sobre O Homem de Aço 2 (leia aqui), mas recusou o convite para assumir a produção porque preferia comandar um filme menor, “sem muitos efeitos especiais e acrobacias”.

Decisão similar ocorreu com Guillermo del Toro; convidado para dirigir Liga da Justiça Sombria, ele abdicou do projeto para se dedicar a algo mais intimista.

A Warner ainda não oficializou a continuação de O Homem de Aço, mas já estão saindo rumores sobre a história e os vilões do filme, que seriam Brainiac e Bizarro, uma versão monstruosa do Superman.

Segundo o Heroic Hollywood, a principal motivação de Brainiac é a busca pelo Codex, objeto que revela informações genéticas do povo de Kripton, que está com a Supergirl. A heroína, inclusive, serviria como a protagonista feminina da trama, tendo tanto tempo de tela quanto o seu primo.

O Homem de Aço 2 pode sair entre 2019 e 2020.

Batman Vs Superman: A Origem da Justiça será o próximo filme do universo DC no cinema e tem estreia marcada para 24 de março deste ano. Na lista, vem depois: Esquadrão Suicida (agosto de 2016), Mulher-Maravilha (2017), Liga da Justiça: Parte I (2017), The Flash (2018), Aquaman (2018), Shazam (2019), Liga da Justiça: Parte II (2019), Cyborg (2020) e Lanterna Verde (2020).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio