Capitão América: Guerra Civil vai provocar efeito dominó em Agents of SHIELD, diz produtor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agents of SHIELD já foi influenciada no passado por eventos de filmes da Marvel, como Os Vingadores, e não será diferente dessa vez com Capitão América: Guerra Civil.

Em entrevista ao Hollywood Reporter, o produtor executivo da série, Jed Whedon, confirmou que Guerra Civil “definitivamente terá um efeito dominó” sobre SHIELD. “Trata-se de um só universo, então se houver um evento gigante, com certeza vai impactar o nosso mundo”, reforçou, sem dar mais detalhes sobre qual será o impacto do filme na série.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Whedon também foi questionado sobre qual lado o protagonista de Agents of SHIELD, o Agente Coulson (Clark Gregg), escolheria na Guerra Civil:

“É uma boa pergunta. Eu não sei, ainda não vi o filme. Eu acho que se fosse o Coulson dos primeiros filmes, ele teria seguido Steve Rogers para onde quer que fosse e, em algum momento, ele faria com que outros personagens ficassem do lado deles. Mas o que é surpreendente sobre um personagem que está em 70 episódios de uma série e é colocado na posição de líder de uma SHIELD que não existe mais e é caçada em todo o mundo, é que você passa a ter uma perspectiva bem diferente das coisas”, concluiu.

Time Capitão América ou Time Homem de Ferro: Qual lado escolher?

Vaza possível foto da morte de personagem importante do filme

Capitão América: Guerra Civil chegará aos cinemas brasileiros em 28 de abril, inaugurando a Fase 3 da Marvel. Com 2 horas e 27 minutos, será o filme mais longo do universo da Marvel.

Novo trailer tem muito mais que Homem-Aranha; veja análise

Capitão América: Guerra Civil será SIM um Vingadores 2.5; saiba por que

O filme começa onde Vingadores: Era de Ultron parou, com Steve Rogers liderando a nova equipe dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Depois que outro incidente internacional envolvendo os Vingadores causa danos colaterais, o aumento da pressão política resulta na instalação de um sistema de responsabilidade e um conselho governamental para determinar quando solicitar os serviços da equipe.

Quando o governo então cria um órgão para supervisionar os Vingadores, o super time de heróis se divide em dois. Um liderado por Steve Rogers e seu desejo em manter os Vingadores livres para defender a humanidade sem interferência do governo, e o outro que segue a surpreendente decisão de Tony Stark em apoiar o governo na fiscalização de seus atos. Enquanto a equipe está fragmentada, surge um novo e nefasto vilão.

Primeiras reações apontam filme como “terror emocional”

O elenco traz Chris Evans como Capitão América, Robert Downey Jr como Homem de Ferro, Tom Holland como Homem-Aranha, Frank Grillo como o vilão Ossos Cruzados, Chadwick Boseman como Pantera Negra, Scarlett Johansson como Viúva Negra, Sebastian Stan como Soldado Invernal, Anthony Mackie como Falcão, Jeremy Renner como Gavião Arqueiro, Elizabeth Olsen como Feiticeira Escarlate, Daniel Brühl como Barão Zemo, Emily VanCamp como Agente 13, Don Cheadle como Jim Rhodes/Máquina de Combate, Paul Bettany como Visão, Paul Rudd como Homem-Formiga, William Hurt como General Ross e Martin Freeman.

Confira as oito maiores lutas do filme

10 coisas que você precisa saber sobre Guerra Civil

A direção ficou a cargo ds irmãos Joe e Anthony Russo, de Capitão América: Soldado Invernal e que vão assumir Os Vingadores 3.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio