Mundo Cão | Lázaro Ramos explica por que aceitou fazer o primeiro vilão da carreira

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Lázaro Ramos interpreta um antagonista pela primeira vez na carreira. Lázaro faz parte do elenco de Mundo Cão, o mais novo filme do diretor Marcos Jorge, o mesmo de Estômago (2007). Os dois, mais o ator Bubu Santana, a atriz Adriana Esteves – que são um casal no longa – e os jovens atores Vini Carvalho e Thainá Duarte, que interpretam os filhos do casal, e as produtoras Cláudia da Natividade e Iara Britz concederam entrevista coletiva esta semana para promover o filme.

Lázaro disse que sempre fugiu de fazer tipos como aqueles. “Pela primeira vez, eu tenho coragem de interpretar um personagem que se aproxima da vilania”, confessou ele durante a coletiva. “Em Mundo Cão, eu me senti preparado e era o momento certo pra fazer”, completou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor Marcos Jorge, que também escreveu o roteiro do filme em conjunto com Lusa Silvestre, com quem já tinha trabalhado em Estômago, afirmou que todos foram desafiados nesta produção, a começar por ele mesmo: “Cada palavra que você coloca no roteiro, dá um trabalho infernal”, entregou ele ao dizer como foi gravar com cachorros, que na história pertencem ao Nenê, personagem de Lázaro. “Trabalhar com cachorro é infernal. Porque você não pode dizer para o cachorro: fique na sua marca! Eu tenho 12 diárias [dias de gravação] com cachorros neste filme e foram 12 diárias que eu não dormia antes”, contou.

Outro desafio enfrentado pelo diretor brasileiro foi a realização de um plano-sequência – uma cena na qual a movimentação de câmera não tem nenhum corte – feita no Estádio do Pacaembu. “Mais um exemplo de algo que a gente coloca no roteiro”, explicou Marcos.

Marcos também contou que “Foi um desafio para todos os atores. Babu teve que aprender a tocar bateria e teve que vencer o medo de cachorros; Vini teve que aprender o que é um set, imagine, você, com 10 anos, e um monte de gente famosa do seu lado, imagine que loucura? Lázaro teve que aprender a vilania e Adriana teve que aprender costura”.

Adriana Esteves, que interpreta Dilza, uma costureira evangélica, contou como foi a criação do seu personagem. Ela explicou que sempre mergulha nos seus personagens durante a preparação. “Me joguei em todas as igrejas evangélicas. Fui conhecer melhor a religião. Cheguei a ir com o Babu em um igreja aqui em São Paulo. A gente foi com o intuito de trabalhar e de estudar e, no final, dançávamos loucamente”.

A atriz também disse que teve aulas particulares de corte e costura com costureiras particulares no Rio e São Paulo. “Quando eu me apaixono pelo personagem, eu tento mexer em mim, descontruir ali, para construir algo. Eu sou meio obsessiva e apaixonada pelo meu trabalho”, completou ela.

O diretor Marcos Jorge contou que se inspirou naquela velha advertência de mães para os filhos: cuidado com o homem da carrocinha e, após ter tido o seu filho, no amor paternal.

Mundo Cão, cuja estreia está marcada para o dia 17 de março, conta a história de Santana, um funcionário do Departamento de Controle às Zoonoses, casado com Dilza, uma costureira evangélica, e pai de Isaura, uma adolescente, e João, um menino. Um dia, como em muitos outros, ele captura um cachorro perdido. Mais tarde, o dono do cachorro, Nenê, finalmente aparece e este acaba brigando com Santana. Esta briga acaba alterando a vida de Santana.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio