Harrison Ford foi ao programa Jimmy Kimmel Live desta segunda (21) para promover a edição em home vídeo de Star Wars: O Despertar da Força e, como não poderia deixar de ser, um dos assuntos acabou sendo o desfecho de seu personagem no filme.

“Você trabalha 25 anos para a companhia. Você faz o seu melhor, aparece todos os dias, faz o seu trabalho. E então eles te deixam ir”, respondeu Ford ao ser questionado pelo apresentador sobre a morte de Han Solo.

O ator ainda chamou a cena, em que Solo é morto pelo sabre de luz do filho Kylo Ren, de “chocante”, mas admite que vinha pedindo um final trágico para seu personagem há 30 anos. “Finalmente eu convenci eles”, acrescentou.


Jimmy Kimmel também perguntou a Harrison Ford se Solo não aparecerá mais em nenhum dos vindouros filmes de Star Wars. “Quem disse isso? E quem te tornou o chefe?”, disse, brincando.

Han Solo ganhará um filme de origem em 2018 e a Disney já está perto de encontrar o novo intérprete do mercenário – leia mais.

A edição em Blu-ray e DVD de Star Wars: O Despertar da Força sai no Brasil em 6 de abril – saiba detalhes da edição.

Com 150 minutos, o Blu-ray e DVD de Star Wars: O Despertar da Força terá 14 minutos a mais que a versão lançada nos cinemas, de 136 minutos.

Star Wars: O Despertar da Força acumula até agora US$ 2,05 bilhão pelo mundo, mantendo o título de terceira maior bilheteria de todos os tempos.

Star Wars | Produtores negociam mais cinco filmes após o Episódio 9

O derivado Rogue One: A Star Wars Story é o próximo filme da saga e chega aos cinemas em 15 de dezembro deste ano. Um filme sobre Han Solo também está sendo planejado. Já o segundo filme da nova trilogia, Star Wars: Episódio 8, será lançado em 15 de dezembro de 2017, com a conclusão saindo em 2019.