Capitão América: Guerra Civil | Herói da Marvel foi cortado da cena pós-créditos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo os roteiristas de Capitão América: Guerra Civil, a cena pós-créditos do filme quase contou com a aparição de um herói Marvel favorito do público. Não siga adiante se não quiser saber quem é!

Em entrevista ao The Huffington Post, o coroteirista Christopher Markus revelou que chegaram a planejar inserir o Hulk no final, mas mudaram de ideia para não impactar a história de fundo sobre o gigante esmeralda, que sumiu no final de Vingadores: Era de Ultron.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Mark Ruffalo não gravou nenhuma cena, mas nós conversamos sobre ter Bruce Banner no final do filme”, disse Markus. “[O personagem] claramente foi parar em algum lugar no final de Era de Ultron, e isso é uma história. Então, não estrague isso colocando um pedacinho minúsculo de participação dele no nosso filme. Ele tem uma história inteira”.

“Teve um rascunho com uma pontinha dele no filme”, acrescentou o coroteirista Stephen McFeel. “Mas isso foi há muito tempo, e reportagens sobre [Rufallo] filmando cenas… nosso publicista [[John M. Pisani] se parece muito com Ruffalo, então quando as pessoas disseram, ‘Ei, ele está em Berlin dançando com Anthony Mackie no set’, foi John Pisani, e não Mark Ruffalo”, esclareceu.

Veja o que dizem as primeiras críticas oficiais

Site entrega todos os duelos de heróis do filme

Capitão América: Guerra Civil chegará aos cinemas brasileiros em 28 de abril, inaugurando a Fase 3 da Marvel, mas já iniciou sua pré-venda. Com 2 horas e 27 minutos, será o filme mais longo do universo da Marvel.

Vaza possível foto da morte de personagem importante do filme

Capitão América: Guerra Civil será SIM um Vingadores 2.5; saiba por que

O filme começa onde Vingadores: Era de Ultron parou, com Steve Rogers liderando a nova equipe dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Depois que outro incidente internacional envolvendo os Vingadores causa danos colaterais, o aumento da pressão política resulta na instalação de um sistema de responsabilidade e um conselho governamental para determinar quando solicitar os serviços da equipe.

Quando o governo então cria um órgão para supervisionar os Vingadores, o super time de heróis se divide em dois. Um liderado por Steve Rogers e seu desejo em manter os Vingadores livres para defender a humanidade sem interferência do governo, e o outro que segue a surpreendente decisão de Tony Stark em apoiar o governo na fiscalização de seus atos. Enquanto a equipe está fragmentada, surge um novo e nefasto vilão.

Artigo | Por que e como a Guerra Civil começa

Primeiras reações apontam filme como “terror emocional”

O elenco traz Chris Evans como Capitão América, Robert Downey Jr como Homem de Ferro, Tom Holland como Homem-Aranha, Frank Grillo como o vilão Ossos Cruzados, Chadwick Boseman como Pantera Negra, Scarlett Johansson como Viúva Negra, Sebastian Stan como Soldado Invernal, Anthony Mackie como Falcão, Jeremy Renner como Gavião Arqueiro, Elizabeth Olsen como Feiticeira Escarlate, Daniel Brühl como Barão Zemo, Emily VanCamp como Agente 13, Don Cheadle como Jim Rhodes/Máquina de Combate, Paul Bettany como Visão, Paul Rudd como Homem-Formiga, William Hurt como General Ross e Martin Freeman.

“Steve e Bucky têm uma história de amor”, confessa diretor

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio