Estudantes de uma escola no Tennessee, nos EUA, tiveram uma experiência curiosa: assistiram A Centopeia Humana 2 em sala de aula.

O filme de terror, proibido e censurado em vários países, foi o escolhido de um professor, por motivos que a Entertainment Weekly não conseguiu apurar. Já o diretor da franquia, Tom Six, tem algo a dizer sobre:


“Deveria ser obrigatório assistir A Centopeia Humana nas escolas. O filme lida com um personagem que sofre bullying e o que ele fez para se vingar!”, disse o cineasta, em tom de brincadeira (ou ao menos esperamos que seja).

Na sequência do filme de 2009, um solitário garoto homem é inspirado pelo filme original a criar uma centopeia humana ainda maior, de 12 pessoas. A superintendente da escola em que o filme foi exibido parece não concordar com Six sobre os valores educacionais do filme.

“O assunto está sendo tratado e providencias estão sendo tomadas”, disse Katherine Burgess comunicado oficial. “Esse filme não é apropriado, e é inaceitável da parte do professor exibi-lo. Ele foi imediatamente suspenso e vai continuar assim até que possamos investigar tudo propriamente”.

Apesar de ter virtualmente perdido o emprego, parece que o professor ganhou pelo menos uma coisa com o caso todo:

“Esse professor incrível vai receber uma cópia autografada de A Centopeia Humana 2”, anunciou Six no Twitter.