Nomeado o produtor da década pelo CinemaCon, Frank Marshall conversou com a Variety sobre sua animação para Indiana Jones 5, continuação da franquia que a Disney anunciou recentemente.

Marshall definiu como “muito doce” a sensação de poder voltar para a franquia que ele ajudou a começar, em 1981, e que o introduziu ao parceiro e diretor Steven Spielberg e a sua própria esposa, Kathleen Kennedy.

O produtor de 69 anos comentou sobre a impossibilidade de substituir Harrison Ford no papel do professor universitário que vive aventuras arqueológicas. “Tanto nessa série quanto em Bourne, nós não queremos fazer o mesmo que a franquia Bond faz”, disse, se referindo a troca constante de atores. “Nós achamos que esses personagens são icônicos, e só esses atores podem interpretá-los”.


Durante sua participação no Jimmy Kimmel Live para promover o Blu-ray/DVD do novo Star Wars, Harrison Ford também comentou seu retorno como Indiana Jones no recém-anunciado quinto filme do arqueólogo.

Quanto o apresentador mencionou a notícia, a plateia vibrou, Ford balançou a cabeça e disse brincando: “Agora não”. Mas depois ele admitiu estar “empolgado” com o novo filme.

“A oportunidade de trabalhar com Steven de novo, e a chance de revisitar esse personagem que trouxe alegria para tantas pessoas – sem mencionar eu…”, acrescentou o ator. “É muito divertido interpretar esse personagem e é muito divertido trabalhar com Steven. Eu estarei pronto e estou ansioso por isso”, concluiu.

Indiana Jones 5 contará novamente com Harrison Ford no papel do arqueólogo e Steven Spielberg como diretor. O roteiro será escrito por David Koepp, de Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (2008).

“É muito raro vermos essa combinação tão perfeita entre ator, diretor e produtor. Será incrível ver Indiana Jones de volta às telas em 2019”, afirmou Alan Horn, chefe da Disney, em comunicado.

O filme tem estreia marcada para 19 de julho de 2019.