Reboot de Scooby-Doo pode começar universo compartilhado da Hanna Barbera nos cinemas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo a EW, o reboot animado da franquia Scooby-Doo pode servir como o início de um universo compartilhado dos personagens da Hanna Barbera nos cinemas.

O projeto foi sugerido durante a apresentação dos próximos filmes da Warner Bros. Animation na CinemaCon. S.C.O.O.B., o novo longa do Scooby-Doo, acabou sendo descrito no evento como “a nossa primeira tentativa de desbloquear todo o universo Hanna-Barbera”, sugerindo que a produção pode levar, a longo prazo, a uma série de franquias conectadas dos desenhos de William Hanna e Joseph Barbera.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No começou do ano, a DC Entertainment chegou a anunciar uma linha de reboots dos quadrinhos de clássicos do estúdio Hanna-Barbera. Os primeiros títulos são Scooby Apocalypse, Future Quest, Corrida Maluca (Wacky Raceland) e Os Flintstones – leia mais.

Scooby-Doo e sua turma voltarão aos cinemas em S.C.O.O.B., que tem estreia marcada para 21 de setembro de 2018.

O longa animado será dirigido por Tony Cervone (Space Jam), que já trabalhou na série Scooby-Doo! Mystery Incorporated. O roteiro foi escrito por Matt Lieberman (Dr. Dolittle 4).

Charles Roven e Richard Suckle, produtores dos dois filmes com atores do personagem, Scooby-Doo (2002) e Scooby-Doo 2: Monstros à Solta (2004), também cuidam da animação ao lado do produtor Allison Abbate (Frankenweenie). A produção executiva ficou a cargo de Dan Povenmire (Phineas and Ferb, Family Guy).

Os primeiros filmes (em live-action) de Scooby-Doo faturaram juntos US$ 455 milhões nas bilheterias. Ambos foram baseados nos personagens criados por Hanna-Barbera em 1969.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio