A Variety revelou parte dos planos da Warner Bros. para o filme da Liga da Justiça, e segundo a publicação, o estúdio pretende dar uma tonalidade completamente diferente ao filme em resposta às críticas a Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

A ideia é, no lugar do predominante tom sombrio de Batman vs Superman, dar espaço a uma trama mais leve para “agradar ao público” – algo já dito anteriormente pelo roteirista Chris Terrio – com menos crises existencias de super-heróis e uma abordagem mais “direta”. As duas partes do filme também estão sendo descritas como “extremamente cinéticas e visuais”.

De acordo com a Variety, ninguém estava preparado para as críticas negativas, mas o estúdio sempre soube que A Origem da Justiça seria um “filme de transição”, servindo para preencher a lacuna entre O Homem de Aço – que não foi produzido com a intenção de ser encaixado no universo expandido da DC – e um filme de grupo nos moldes de Os Vingadores – ou seja, Liga da Justiça.


Apesar dessa ciência, a Warner estaria estudando colocar o quadrinista Geoff Johns num cargo similar ao ocupado por Kevin Feige na Marvel, como supervisor de todo o universo cinematográfico em construção da DC, o que pode ser interpretado como uma reação do estúdio ao seu possível descontentamento com Batman vs Superman.

O desempenho aquém do esperado do longa de Zack Snyder nas bilheterias, aliás, já teria influenciado os planos da Warner Bros. para seu vindouro cronograma de filmes. Segundo informações recentes do Hollywood Reporter, a intenção seria passar a fazer menos filmes e se concentrar mais em franquias famosas, como LEGO, Harry Potter e os filmes da DC, com o objetivo de aumentar a lucratividade – leia mais.

Mesmo Batman vs Superman estando longe de ser considerado um fracasso, os números do longa não impressionaram a Warner, que esperava um faturamento de US$ 1 bilhão, mas como o filme vem perdendo força nas bilheterias, deve fechar sua arrecadação total entre US$ 800 e US$ 900 milhões.

Fãs fazem petições para demitir Zack Snyder de Liga da Justiça

As filmagens de Liga da Justiça – Parte 1 devem começar na próxima semana, no Reino Unido – depois a produção do filme rumará para a Islândia. Zack Snyder assumirá a direção.

Dividida em duas partes, a primeira parte de Liga da Justiça será lançada em 10 de novembro de 2017. A segunda parte tem estreia programada para 14 de junho de 2019.

Conheça os filmes da DC que vão suceder Batman vs Superman