Sam Mendes confirmou oficialmente sua saída da franquia 007. Em entrevista ao The Guardian, o diretor de 007: Operação Skyfall e 007 Contra Spectre disse que não vai mais dirigir filmes de James Bond.

“Foi uma aventura incrível, e amei cada segundo. Mas está na hora de outra pessoa [assumir o comando]. Sou um contador de histórias e, no final das contas, quero contar histórias com novos personagens”, afirmou.

Mendes acrescentou que filmes de 007 são “uma tarefa enorme”, além disso, “você precisa deixar tudo de lado. Dirigir um filme de James Bond é mais uma escolha de estilo de vida do que um trabalho”.


O cineasta já havia admitido a possibilidade de deixar a franquia antes mesmo do lançamento de 007 Contra Spectre, assim como o protagonista Daniel Craig, que recusou uma oferta de US$ 99 milhões para voltar a viver o agente secreto.

Substitutos de Craig como James Bond, inclusive, já estão sendo procurados. Jamie Bell (Quarteto Fantástico, Billy Elliot) e Tom Hiddleston (o Loki nos filmes da Marvel) são os mais cotados no momento.

Tom Hiddleston começou negociação para viver James Bond, diz site