Após subir a bordo como produtor executivo do novo filme da série Halloween (saiba mais), John Carpenter reviveu a antiga rivalidade com Sexta-Feira 13 em uma entrevista para o podcast do escritor Bret Esston Ellis.

Carpenter, que dirigiu apenas o primeiro filme da franquia estrelada pelo assassino Michael Myers, criticou a série Sexta-Feira 13, o comparando a outro filme da mesma época. “O Massace da Serra Elétrica vem de uma ideia realmente original, com o trabalho de um artista por trás. Já Sexta-Feira 13 me parece muito cínico. Ele me parece um filme muito barato que não faz nada com o pouco que tem”, disse o mestre do terror.

Sexta-Feira 13 | Continuação está no caminho certo, garante produtor


“Eu acho que a razão para esses filmes de assassinos terem vindo nos anos 80 é porque eles viram o sucesso que Halloween fez com um orçamento muito baixo e pensaram em ganhar a mesma quantidade de dinheiro”, continuou. “Eles começaram a produzir em série, quase industrialmente. A maioria deles é ruim”.

Recentemente, a Dimension Films perdeu os direitos sobre a franquia Halloween, que agora foram repassados para a Miramax e Blumhouse Productions – juntos, os estúdios vão cofinanciar e produzir o novo Halloween.

Não há cronograma definido para o novo Halloween. A série estrelada pelo infame serial killer Michael Myers foi iniciada em 1978 e gerou um total de 10 filmes, que arrecadaram juntos quase US$ 400 milhões pelo mundo.