Star Wars | Organização pede inclusão de personagens gays nos próximos filmes

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A GLAAD, organização americana que defende os direitos LGBT, solicitou à Disney a inclusão de personagens gays nos próximos filmes de Star Wars.

Um relatório anual da GLAAD aponta que dois dos maiores estúdios de Hollywood – um deles sendo a Disney – não apresentou nenhum personagem gay ou lésbica em qualquer um de seus filmes no ano passado. O outro estúdio citado na pesquisa é a Paramount.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A organização elogiou a iniciativa da Disney de introduzir uma mulher e um afro-americano como protagonistas, mas alega que a diversidade nos longas do estúdio precisa ser mais “expansiva”.

Ao contrário dos filmes, os recém-publicados romances de Star Wars mostram personagens gays em suas histórias.

No início do ano, porém, J.J. Abrams afirmou que os próximos filmes da trilogia iniciada por Star Wars: O Despertar da Força incluirão personagens gays – leia aqui.

O último filme da saga, por sinal, gerou uma teoria de que Poe Dameron e Finn teriam um romance secreto. Na época do lançamento, Abrams não confirmou nem desmentiu o boato, apenas disse que definitivamente há um romance gay acontecendo em Star Wars.

Mark Hamill diz que Luke Skywalker pode ser gay

O derivado Rogue One: A Star Wars Story é o próximo filme da saga, e chega aos cinemas em 15 de dezembro deste ano. Já o segundo filme da trilogia oficial, Star Wars: Episódio 8, será lançado em 14 de dezembro de 2017, com a conclusão saindo em 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio