Publicidade

X-Men: Apocalipse | Olivia Munn explica por que rejeitou Deadpool para viver Psylocke

Publicado por Redação

04/05/2016 02:32

Olivia Munn, a Psylocke de X-Men: Apocalipse, inicialmente foi sondada pela Fox para coestrelar Deadpool ao lado de Ryan Reynolds. Mas a atriz decidiu trocar um filme do universo X-Men por outro.

Em entrevista à revista American Way, a atriz revela que rejeitou Deadpool porque “não queria outro papel de namorada” – indicando que ela faria Vanessa Carlyle, personagem que acabou sendo interpretada pela brasileira Morena Baccarin – e preferia no lugar um papel com mais fisicalidade. No final das contas, Munn acabou aceitando viver Psylocke justamente por conta disso, mesmo tendo menos diálogos.

“Eu perguntei se teria uma cena de luta [em X-Men: Apocalipse]. A cena de luta poderia ser o monólogo dela. Eu sempre achei a Psylocke um dos personagens mais letais, e eu disse que toparia [interpretá-la] contanto que ela não fosse usada para ser um colírio para os olhos. Ela tem habilidades muito poderosas. E eles me disseram, ‘Sim, ela tem um papel importante no filme’”, justificou Munn.

Olivia Munn diz que Psylocke derrotaria Wolverine e Deadpool em luta

X-Men: Apocalipse estreia no Brasil em 19 de maio, com a pré-venda dos ingressos começando em 5 de maio.

X-Men: Apocalipse e mais 18 blockbusters imperdíveis de 2016

Confira os melhores momentos do novo trailer

“Desde o início da civilização, ele era adorado como um deus. Apocalipse, o primeiro e mais poderoso mutante do universo da Marvel, acumulou os poderes de muitos outros mutantes, tornando-se imortal e invencível. Ao acordar depois de milhares de anos, ele está desiludido com o mundo em que se encontra e recruta uma equipe de mutantes poderosos, incluindo um desanimado Magneto (Michael Fassbender), para purificar a humanidade e criar uma nova ordem mundial, sobre a qual ele reinará. Como o destino da Terra está na balança, Mística (Jennifer Lawrence), com a ajuda do Professor X (James McAvoy), deve liderar uma equipe de jovens X-Men contra o seu maior inimigo até então e salvar a humanidade da destruição completa”, diz a sinopse oficial.

James McAvoy fala sobre futuro de Professor Xavier na franquia

Recentemente, o roteirista/produtor Simon Kinberg afirmou que X-Men: Apocalipse servirá como a conclusão da franquia (leia aqui), portanto, o próximo filme deve iniciar um novo capítulo na história dos mutantes.

Nos quadrinhos, Apocalipse é presença constante desde que surgiu em X-Factor #6. Considerado o mutante mais velho, surgido no Egito Antigo, o vilão tem o poder de reorganizar a estrutura do próprio corpo – pode, por exemplo, esticar-se ou aumentar de tamanho – e manipular campos de força, elementos e rajadas de energia, entre outras habilidades. Ao ter acesso a tecnologia alienígena, Apocalipse também conseguiu prolongar sua vida por milênios.

Novo X-Men pode adaptar a Saga da Fênix Negra

Publicidade