Wolverine poderia ter ganhado mais tempo de tela em X-Men: Apocalipse. Em entrevista ao CinemaBlend, o roteirista e produtor Simon Kinberg revelou que ele e o diretor Bryan Singer chegaram a planejar uma participação maior do mutante, mas acabaram desistindo da ideia.

“Desde o começo tivemos a ideia de colocar Wolverine no filme, parcialmente porque Bryan [Singer] e eu amamos muito Hugh Jackman. Nós amamos o personagem, obviamente, e ele é grande parte da franquia. Houveram várias versões de como Wolverine entraria e sairia do filme. Em uma delas, ele entraria em algum momento no meio do filme e seria uma espécie de sargento para os jovens, virando líder deles. Mas nós sentimos que isso atrapalharia a função de Jean [Grey] de se tornar líder do grupo”, justificou.

No momento, Hugh Jackman está rodando o terceiro filme solo de Wolverine, que marcará sua despedida do papel.


X-Men: Apocalipse lidera em estreia e massacra Alice Através do Espelho

O que virá para a franquia após X-Men: Apocalipse?