Aaron Paul, o Jesse Pinkman de Breaking Bad, quase participou de Cloverfield, filme produzido por J.J. Abrams em 2008. Em uma conversa com o colega ator Tom Hiddleston para a Variety, Paul contou a história do seu desastroso teste de elenco para o filme.

O ator havia trabalhado com Abrams em 2006, em um pequeno papel em Missão: Impossível 3, e no set o ator e o diretor acabaram descobrindo um interesse em comum: truques de mágica. Segundo conta Paul, o diretor o fez performar um truque na frente do restante do elenco, que foi recebido com aplausos.

“Eu perguntei várias vezes para o meu agente se J.J. estaria na sala quando eu fosse fazer o teste para Cloverfield”, contou Paul. “E ele me disse que não, J.J. estava fora do estado. Quando eu cheguei lá, é claro que J.J. estava lá [risos]. E ele se empolgou e contou a história do true de mágica, e acabei tendo que fazer de novo na frente dos outros produtores e do diretor de elenco”.


Apesar do truque ter saído bem, Paul conta que toda a conversa acabou tirando seu foco. “Eu tinha um monólogo para fazer, e tinha tudo decorado, e tinha amado o material. Mas eu perdi minha linha de pensamento, perdi meu foco, e simplesmente desisti no meio. Pedi desculpas à J.J. e ele simplesmente disse ‘não tem problema. Muito obrigado por vir’. Eu odeio desperdiçar o tempo das pessoas”, concluiu.

Pouco depois do teste desastroso, Paul conseguiria o papel em Breaking Bad, que lhe rendeu 3 Emmys entre 2008 e 2013.

Cloverfield pode ganhar terceiro filme após Rua Cloverfield, 10

 

Trailer e pôster revelam os monstros do filme

Dirigido pelo estreante Dan Trachtenberg, a continuação do filme de 2008, Rua Cloverfield 10, chegou aos cinemas brasileiros em 7 de abril desse ano.