A Paixão de Cristo, polêmico e violento filme de Mel Gibson sobre as últimas 12 horas de Jesus Cristo, deve ganhar uma continuação. A informação foi revelada pelo roteirista Randall Wallace em entrevista ao Hollywood Reporter.

Wallace afirmou que ele e Gibson, diretor do filme de 2004, já começaram a trabalhar na sequência, que agora falará sobre a ressurreição de Cristo.

O roteirista decidiu confirmar o projeto apenas agora, depois de anos de rumores, pois estava muito “difícil de manter em segredo”.


Estrelado por Jim Caviezel, A Paixão de Cristo foi um hit de bilheteria, arrecadando US$ 612 milhões pelo mundo para seu orçamento de US$ 30 milhões, e depois do lançamento, Mel Gibson chegou a receber acusações de ser anti-semita.