Em entrevista ao The Hollywood Reporter, Steven Spielberg contou como convenceu o diretor J.J. Abrams a assumir o comando de Star Wars: O Despertar da Força. Ao que parece, o lendário diretor teve que passar pelo crivo da esposa de Abrams, que não queria que o marido assumisse outra franquia.

“Eu sugeri o nome de J.J. para Kathy [Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm], e ela achou uma boa ideia. Liguei para J.J. e perguntei se ele faria caso convidássemos. Ele disse ‘eu faria, mas minha esposa não quer que eu recomece nenhuma outra franquia'”, contou Spielberg. Foi aí que a habilidade de negociação do diretor deu às caras.

“Eu levei Katie Abrams e J.J. para jantar comigo e com a minha esposa, Kate [Capshaw], e falei de Star Wars em frente à Katie. Pensei que ela não seria capaz de recusar cara a cara”, riu o diretor. “E eu estava certo, porque ela apenas se virou para J.J. e disse ‘isso seria incrível’. Eu saí imediatamente do restaurante, liguei para Kathy, e marquei a reunião. Se eu esperasse eles voltarem para casa, talvez não tivesse acontecido”.


John Williams tem uma teoria sobre o pai de Rey

O derivado Rogue One: Uma História Star Wars é o próximo filme da série e estreia em 15 de dezembro deste ano. Star Wars: Episódio 8 chegará aos cinemas em 15 de dezembro de 2017, com um filme sobre a origem de Han Solo sendo lançado em maio de 2018. O Episódio IX deve encerrar a nova trilogia em dezembro de 2019.