Warcraft – O Primeiro Encontro Entre Dois Mundos chegou a US$ 377,6 milhões na bilheteria mundial, sendo US$ 200 milhões arrecadados apenas na China.

Segundo o Box Office Mojo, tais números tornaram Warcraft na mais rentável adaptação de game de todos os tempos – superando Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo ( US$ 335 milhões) – apesar do seu fraco desempenho nos EUA, onde só acumulou US$ 37,7 milhões até agora.

O sucesso na China, no entanto, ajudou a minimizar os danos da péssima performance doméstica do filme e a garantir uma possível continuidade da franquia.


“O sucesso do filme na China assustou Hollywood”, diz Jackie Chan

Diretor fala da possibilidade de uma sequência

Baseado no universo de jogos World of Warcraft, o filme acompanha o conflito gerado pelo primeiro contato entre orcs e humanos, mostrando os dois lados da história. De um lado está Anduin Lothar (Travis Fimmel), o personagem principal da Aliança, que sacrificou tudo para manter salvo o povo de Azeroth, e do outro Durotan (Toby Kebbel), o principal personagem da Horda, nobre chefe do clã Frostwolf, que batalha para salvar seu povo e sua família da extinção.

Crítica | Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos

Os segredos e curiosidades de Warcraft

A direção ficou a cargo de Duncan Jones.