Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, 2 de junho, e para entrar no espírito do filme, o Observatório do Cinema preparou uma matéria especial com algumas curiosidades de bastidores. Confira a seguir:

  • O diretor Uwe Boll, famoso por dirigir fracassadas adaptações de games como Alone in the Dark e BloodRayne, chegou a se oferecer a Blizzard para comandar a adaptação de Warcraft, mas o estúdio recusou a proposta;
  • Duncan Jones disse que, antes de fechar contrato para a direção, o roteiro de Warcraft só retratava um lado da batalha, mas após assinar, ele realizou grandes mudanças na trama para que ambas as facções – Horda e Aliança – pudessem ter seus lados da história contados;
  • O filme originalmente seria lançado em dezembro de 2015, mas foi adiado para evitar a concorrência com Star Wars: O Despertar da Força;
  • Um dialeto orc foi criado especialmente para o longa;
  • A fonte de inspiração para Warcraft veio dos livros “Rise of the Horde”, que conta como a Horda foi formada, e “The Last Guardian”, que mostra a reação dos humanos à invasão dos orcs;
  • Warcraft levou 20 meses de pós-produção e 123 dias para ser filmado;
  • A Blizzard anunciou o filme em 2006, que então foi lançado dez anos depois;
  • As armas e armaduras dos orcs foram construídas em tamanhos reais para serem usadas pelos atores, que interpretaram os personagens via captura de movimentos;
  • Colin Farrell foi abordado para viver o Rei Llane; eventualmente se encontrou com o diretor e até leu o roteiro, mas o papel acabou ficando com Dominic Cooper;
  • Em algum momento da escalação de elenco, Johnny Depp também chegou a se interessar por um papel no filme;
  • Apesar de viver uma meia orc, Paula Patton não deu vida a Garona por captura de movimentos;
  • Sam Raimi, diretor da trilogia original do Homem-Aranha, foi cotado para a direção de Warcraft, mas desistiu do cargo. Ele também assinou uma das versões do roteiro;
  • O longa promoveu uma reunião de atores da franquia X-Men: Ben Foster e Daniel Cudmore, respectivamente os intérpretes de Arcanjo e Colossus;
  • Travis Fimmel, o intérprete do protagonista Ragnar, admitiu em entrevista que nunca tinha ouvido falar dos games de Warcraft antes de fechar contrato para o filme;
  • Foram usados 90 sets diferentes e 2.000 tomadas de efeitos visuais; entre os acessórios: 220 escudos, 750 espadas e 300 alabardas;
  • O primeiro jogo de World of Warcraft foi lançado há 22 anos.

Primeiras críticas preveem fracasso comercial e artístico do filme

Baseado no universo de jogos World of Warcraft, o filme acompanha o conflito gerado pelo primeiro contato entre orcs e humanos, mostrando os dois lados da história. De um lado está Anduin Lothar (Travis Fimmel), o personagem principal da Aliança, que sacrificou tudo para manter salvo o povo de Azeroth, e do outro Durotan (Toby Kebbel), o principal personagem da Horda, nobre chefe do clã Frostwolf, que batalha para salvar seu povo e sua família da extinção.