A atriz Rose McGowan (Charmed, Jovens Bruxas) acusou a Fox de incitar a violência contra a mulher em um cartaz promocional de X-Men: Apocalipse.

No letreiro, Mística (Jennifer Lawrence) é estrangulada pelo vilão titular (feito por Oscar Issac) sob os dizeres “Apenas os fortes sobreviverão”. McGowan detonou a atitude do estúdio em sua página do Facebook (via Hollywood Reporter):

“Existe um grande problema quando homens e mulheres na 20th Century Fox acreditam que violência casual contra a mulher é uma forma de promover um filme. Não há nenhum contexto na propaganda, apenas uma mulher sendo estrangulada. O fato de ninguém ter sinalizado isso é ofensivo e, francamente, estúpido. Os gênios por trás disso, e eu uso esse termo levianamente, precisam olhar por um bom tempo para o espelho e verem como estão contribuindo para a sociedade. Imagine se fosse um homem negro sendo estrangulado por um homem branco, ou um gay sendo estrangulado por um hétero? O clamor seria enorme. Então vamos corrigir esse erro. Fox, já que vocês não conseguem colocar diretoras mulheres em seu cronograma de filmes pelos próximos dois anos, que tal apenas substituir esse anúncio?”, sugeriu a atriz, em tom irônico.


“Encerro esse post com um texto que meu amigo enviou, uma conversa que ele teve com a filha: ‘Minha filha e eu tivemos uma profunda discussão sobre a brutalidade desse hediondo pôster de X-Men. Ela me perguntou por que o monstro está cometendo violência contra uma mulher’. Isso veio de uma garota de 9 anos. Se ela conseguir enxergar isso, por que a Fox não consegue?”, questionou McGowan.

A Fox ainda não se pronunciou sobre as declarações da atriz.

X-Men: Apocalipse lidera em estreia e massacra Alice Através do Espelho

O que virá para a franquia após X-Men: Apocalipse?