Bright, novo filme original da Netflix que reunirá Will Smith com o diretor David Ayer após Esquadrão Suicida, ganhou detalhes descritos pelo roteirista Max Landis (Power Rangers). O escritor conversou com a Collider durante a Comic-Con 2016 e revelou a data de início das filmagens.

Segundo Landis, a produção começa em Setembro, mas pequenas cenas já foram filmadas em Los Angeles para não perder o acesso às locações.

Landis ainda disse que quer fazer de Bright “o seu Star Wars”, e elogiou a liberdade dada pela Netflix e o talento do diretor David Ayer: “David me manda as melhores fotos do set. Estou em uma reunião séria e de repente estou surtando com alguma foto de uma pichação escrito ‘f****-se, elfos!'”, comentou.


Prometheus 2 será início de uma nova trilogia Alien

Descrita como uma mistura de filme policial com elementos fantásticos, a trama vai girar em torno de um policial orc, que vive em mundo cohabitado por fadas, orcs, dragões, elfos e humanos. Não foram revelados os papeis dos atores no longa-metragem. Joel Edgerton, que trabalhou com Will Smith e Ayer em Esquadrão Suicida, e Noomi Rapace (Os Homens que Não Amavam as Mulheres) também estão no elenco.

Orçado em US$ 90 milhões e previsto para ter classificação para maiores de 18 anos, Bright se tornará o projeto mais caro da história da Netflix.

Esquadrão Suicida | Will Smith fala sobre sua conexão com os quadrinhos