Esquadrão Suicida | Viola Davis teve que xingar outro membro do elenco em cena

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Viola Davis não ficou imune aos “charmes” do estilo David Ayer de direção de atores. O diretor de Esquadrão Suicida fez sua Amanda Waller tratar o Coronel Rick Flagg de Joel Kinnaman exatamente como os personagens se tratariam antes de filmar uma cena.

“David me fazia chamar Joel de vadia às vezes”, riu a atriz em entrevista à Entertainment Weekly. “É totalmente politicamente incorreto, mas isso me fez sentir como uma criminosa, um bully de certa forma, e é isso que Amanda é. David conseguiu o que queria”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Algumas das coisas que ela disse aquele dia doeram de verdade”, contou Kinnaman mais tarde. “E eu me senti muito traído, mas era isso que David queria, e é isso que ele conseguiu no filme. É esse tipo de direção via manipulação que ele sempre faz”.

“Quero interpretar a Arlequina para sempre”, diz Margot Robbie

O longa sobre o grupo de supervilões da DC chega aos cinemas brasileiros em 4 de agosto. A duração será de 130 minutos (2 horas e 10 minutos).

Esquadrão Suicida e mais 10 filmes que podem salvar o fraco verão americano

Esquadrão Suicida ganha censura 12 anos, mas é violento e tem cenas “perturbadoras”

É fã do vilão Coringa? Este livro apresenta o modo de agir do Coringa, seus aliados e suas motivações. Libertado do Asilo Arkham, o Palhaço do Crime volta à sua vida em Gotham. Ele precisa reconquistar seu território e lembrar a todos quem é realmente o dono da cidade. CLIQUE AQUI e compre já o seu livro do Coringa!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio