O diretor francês Luc Besson perdeu um processo movido pelo cineasta americano John Carpenter e foi condenado a pagar 450 mil euros por ter plagiado Fuga de Nova York, segundo o Yahoo.

Carpenter acusou Besson de fazer uma “cópia carbono” do seu clássico filme de 1981 com Sequestro no Espaço, dirigido pelo francês em 2012. Inicialmente, John Carpenter pediu 2,2 milhões de euros em compensação.

Luc Besson perdeu o primeiro julgamento e foi sentenciado a pagar 85 mil euros. O francês recorreu da decisão, e não só acabou perdendo novamente como também teve sua indenização aumentada em mais de 300 mil euros.


Na trama futurista de Fuga de Nova York, o mercenário Snake Plissken, feito por Kurt Russell, é enviado para uma Nova York pós-apocalíptica, que virou prisão de segurança máxima, para resgatar o presidente dos EUA, após seu avião ter caído por lá.

Já em Sequestro no Espaço, um mercenário vivido por Guy Pearce é enviado para uma prisão de segurança máxima no espaço para salvar a filha do presidente dos EUA, que foi sequestrada pelos prisioneiros.