RoboCop | “Passei 90% do tempo brigando com o estúdio”, diz José Padilha sobre remake

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

José Padilha (Tropa de Elite, Narcos) abriu o jogo sobre o complicado desenvolvimento de RoboCop, remake que desenvolveu para a Sony em 2014, durante entrevista ao Screen Daily. O diretor brasileiro revelou que passou quase 100% do tempo lutando com o estúdio para manter suas ideias no filme:

“Eu não tinha a liberdade criativa que eu precisava. Eu passei 90% do tempo lutando. Isso me fez perceber que fazer um filme grande para um estúdio não é a mesma coisa que fazer um filme. Agora eu vou pensar um milhão de vezes antes de me envolver em outra produção daquele tamanho de novo. Eu entrei em Hollywood pensando que poderia fazer o filme que eu queria, com os meus critérios… engano meu”, desabafou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por conta disso, não espere Padilha comandando um filme da Marvel ou da DC, porque ele diz preferir “encarar essa realidade do que fazer filmes sobre super-heróis”.

A refilmagem de RoboCop teve uma bilheteria modesta, fazendo US$ 242 milhões pelo mundo para seu orçamento de US$ 100 milhões.

Apesar disso, foi reportado que a Sony estaria considerando ideias para uma continuação – leia aqui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio