Robert Pattinson parece estar insatisfeito com o atual momento da indústria do cinema. Em entrevista ao The Sunday Times, o astro da Saga Crepúsculo criticou a invasão dos super-heróis em Hollywood – 71 adaptações de quadrinhos estão em desenvolvimento -, afirmando que “não existe mais nada” além desse tipo de trabalho para ele.

“Você pode fazer filmes de super-heróis, ou você pode fazer filmes independentes. Só isso! Você não pode nem mesmo fazer filmes de Nicolas Cage”, brincou. “Eu adoraria fazer um Con Air”.

Depois da Saga Crepúsculo, seja por escolha ou falta de oportunidades, Robert Pattinson fez vários filmes “diferentes”. Questionado se sua base juvenil de fãs continuou o acompanhando mesmo com ele fazendo trabalhos mais “sérios”, ele respondeu: “Algumas vezes”.


“Mas muitas dessas coisas são sombrias. Eu duvido que alguém que tenha visto The Rover – A Caçada (2014) não tenha pensado, ‘Ele está tentando fazer coisas completamente novas’”, finalizou.

O próximo longa de ​Robert Pattinson é o épico The Lost City of Z, situado na Amazonônia, em que dividirá a cena com Charlie Hunnam e Tom Holland (o novo Homem-Aranha do cinema).