O produtor Dan Lin comparou a adaptação ao cinema de It – A Coisa, obra de Stephen King, com Stranger Things em entrevista ao Collider. Segundo ele, o filme terá um tom similar ao da série da Netflix:

“Eu acho que uma ótima analogia [para o filme] é Stranger Things, que estamos vendo na Netflix neste momento. Muito [de A Coisa] é uma homenagem aos filmes dos anos 80, seja de clássicos de Stephen King ou de Steven Spielberg. Imagine como se fosse um Conta Comigo [longa de 1986] em relação à ligação entre as crianças, mas tem o elemento assustador que é Pennywise”.

Curiosamente, os criadores de Stranger Things confessaram recentemente que pediram a Warner para dirigir A Coisa, mas foram rejeitados pelo estúdio.


Dan Lin também falou sobre a reimaginação que o ator Bill Skarsgard para o palhaço assassino Pennywise:

“Sua construção para o personagem é muito interessante; ele é bem alto e esguio, e quase se movimenta igual a um palhaço mesmo. Nós tivemos vários atores lendo o roteiro, mas ele apareceu com uma abordagem diferente para o personagem que nos deixou muito empolgados. Nós vimos um Heath Ledger quase fazendo um Coringa palhaço, e Tim Curry como palhaço também. Nós queríamos alguém que criasse uma versão própria do Pennywise e Bill fez isso de uma maneira que, sinceramente, nos assustou”.

A Coisa está sendo dirigido por Andrés Muschietti (Mama), que assumiu o cargo no lugar de Cary Fukunaga (Beasts of No Nation) e reescreveu o roteiro original, dividindo a história em dois filmes.

A primeira parte acompanhará o grupo de crianças do livro original, o Clube dos Perdedores, sendo aterrorizado pelo palhaço assassino, enquanto o segundo deve trazer os mesmos personagens adultos voltando para confrontar seu passado.

Bill Skarsgard (Hemlock Grove) interpreta o novo palhaço Pennywise – conheça o visual do personagem. Jaeden Lieberher (Midnight Special) faz o líder do grupo de crianças atormentado pelo vilão. Owen Teague (Bloodline) também está no elenco.

O livro de King, lançado em 1986, segue sendo um dos títulos mais reconhecidos da carreira do escritor. A história foi transformada em minissérie em 1990, com Tim Curry (Rocky Horror Picture Show) no papel do palhaço.