Reboot de franquia clássica? “Tô fora!”. Essa é provavelmente a resposta que você vai escutar de Paul Feig após a experiência do diretor de comédia com Caça-Fantasmas, que provocou polêmica e fatiga em todos os envolvidos.

Caça-Fantasmas 2 | Paul Feig fala de vilão da sequência, introduzido no primeiro filme

“Não, não, não e não. Eu não farei isso de novo”, respondeu enfaticamente o diretor quando perguntado, pelo Huffington Post, sobre a possibilidade de reviver alguma outra franquia nos cinemas. “Eu só aceitei fazer esse, para ser sincero, porque sabia que nós poderíamos fazer algo interessante e divertido”.


Caça-Fantasmas | Diretor confirma personagem lésbica “barrada” pelo estúdio

Mas nem uma continuação para o filme das caçadoras de espectros? “Melissa McCarthy falou do jeito certo: quando você está na sala de parto dando luz a um bebê, não é a hora de perguntar se você quer outro”, riu o diretor. “Nesse momento, acabamos de entregar esse bebê ao mundo. O futuro é outra história”.