Esquadrão Suicida | Coringa matou o Robin, confirma diretor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

David Ayer, diretor de Esquadrão Suicida, confirmou uma teoria há muito tempo especulada: o Coringa (Jared Leto) foi responsável pela morte de Robin.

“O Coringa matou o Robin”, revelou o cineasta em entrevista à Empire, em seguida explicando o passado do vilão com o Batman. “Ele basicamente quebra os dentes do Coringa e o tranca no Asilo Arkham. Foi lá que o Coringa fez a tatuagem ‘damaged’ (danificado), como uma mensagem para o Batman que diz, ‘Você me danificou. Eu era tão lindo antes e agora você destruiu o meu rosto’. Foi assim que surgiram os dentes de grillz”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As declarações de Ayer portanto desmente as informações anteriores de que a Arlequina teria matado o assistente do Batman.

O diretor confirmou ainda a notícia de que o filme teve diferentes versões testadas com o público: “Honestamente, teve pelo menos seis ou sete versões diferentes do filme. Em uma delas, o público ficou com muitas dúvidas, então fizemos a versão ‘dossier’, com a Amanda [Waller] apresentando as origens dos personagens”, explicou.

Os 15 momentos mais ridículos de Esquadrão Suicida
Fã processa a Warner por propaganda enganosa com o Coringa
Esquadrão Suicida é um sucesso, mas a DC precisa melhorar seus filmes a longo prazo
Esquadrão Suicida tem abertura inferior a Batman vs Superman nos EUA mas bate recorde
Crítica | Esquadrão Suicida desperdiça personagens e falha com trama constrangedora

Esquadrão Suicida chegou aos cinemas brasileiros em 4 de agosto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio