Esquadrão Suicida revela quem matou Robin – e quase ninguém ficou sabendo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção para spoilers do filme abaixo!

Esquadrão Suicida esclareceu um dos maiores mistérios do recém-lançado universo cinematográfico da DC – quem matou Jason Todd/Robin, o assistente de Batman (Ben Affleck). Mas a cena foi tão rápida que quase ninguém ficou sabendo…

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o The Wrap, o filme revela em um breve momento que, ao contrário do que muita gente imaginava, não é o Coringa o responsável pela morte do Robin, mas sim sua namorada, a Arlequina. Isso mesmo: em determinada cena, sem deixar muito claro, Harley Quinn admite ter matado Jason Todd.

Isso representa uma grande mudança na história de ambos os personagens, porque nos quadrinhos é mesmo o Coringa quem tira a vida do Robin, na clássica HQ “Morte em Família” (1988) – sendo que a Arlequina só foi criada em 1992, tendo aparecido pela primeira vez na série animada do Batman.

Muitos assumiram que o Coringa também seria o assassino de Robin nos cinemas pela referência de Batman vs Superman: A Origem da Justiça, que mostrou o uniforme de Robin com os dizeres “HAHAHA, a piada está em você, Batman”, pichados no peito.

Crítica | Esquadrão Suicida desperdiça personagens e falha com trama constrangedora

Estima-se que, mesmo com as críticas negativas, Esquadrão Suicida deve arrecadar US$ 125 milhões em seu primeiro fim de semana nos EUA, registrando assim uma arrecadação recorde para o mês de agosto e batendo os US$ 94,3 milhões de Guardiões da Galáxia, lançado no mesmo período há dois anos.

Esquadrão Suicida será banido na China

Esquadrão Suicida chegou aos cinemas brasileiros em 4 de agosto.

Conheça as piores histórias do set de filmagem

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio