Uma garota britânica levou uma bronca e tanto por mentir em plena corte após acusar o próprio pai do estupro e usar frases do livro 50 Tons de Cinza, de E.L. James, durante o julgamento. A advogada de defesa do pai percebeu os trechos dos depoimentos retirados direto do livro e desmascarou a menina.

50 Tons de Cinza | “Filmar as sequências foi mais agradável”, diz Jamie Dornan

Mais tarde, ela admitiria ao New York Daily News que fez a acusação apenas por estar aborrecida com o pai por conta das muitas regras e restrições impostas por ele, mas que nunca foi de fato abusada sexualmente.


Parece que os famosos e picantes livros de E.L. James estão sendo usados de forma bem errada por alguns fãs.

“Foi tanto sexo que nem me lembro se fiquei nu”, diz Jamie Dornan