Gambit | Produtor sobre atrasos no filme: “Não encontramos o tom certo”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Simon Kinberg justificou os atrasos na produção do filme solo do Gambit em entrevista ao /Film. Segundo o produtor, o derivado de X-Men com Channing Tatum ainda não começou porque não encontraram o tom certo do personagem:

“A verdade é que, quando você tem esses filmes que precisam de um tom único e muito especial, leva um tempo para encontrar esse tom. Parece que Deadpool explodiu do nada, mas o filme teve um processo de desenvolvimento de 10 anos, e acho que esse tempo foi necessário para ele ser aperfeiçoado”, relembrou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu espero que Gambit não leve 10 anos [para acontecer], mas precisamos aperfeiçoar um pouco as coisas para chegam no tom e na voz exata do personagem”, continuou Kinberg. “Ele tem uma voz tão específica nos quadrinhos da mesma forma que Deadpool também tem, então queremos ter certeza de que vamos capturar essa voz. Realmente é uma questão de ter o roteiro digno para o personagem, e acredito que estamos muito perto disso”, finalizou.

Em entrevista anterior, Simon Kinberg confirmou o início das filmagens de Gambit para o segundo trimestre de 2017 (entre abril e maio). A direção ficará a cargo de Doug Liman (A Identidade Bourne).

Este derivado da franquia X-Men será focado no anti-herói francês capaz de manipular a energia cinética e também habilidoso em arremesso de cartas, luta corporal, e no uso de um cajado. Ele era um ladrão profissional, o que fez os X-Men confiarem pouco nele quando se juntou ao grupo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio