Pedro Almodóvar estava pronto para dirigir O Segredo de Brokeback Mountain antes do estúdio preferir o comando de Ang Lee (As Aventuras de Pi), que venceu o Oscar pelo trabalho. Segundo Almodóvar, ele só faria uma coisa diferente do diretor asiático: “Mais sexo”.

Crítica | Julieta

“E não seria gratuito”, acrescentou. “A história original em que o filme foi baseado é sobre um relacionamento físico, uma coisa animal e de instinto. O sexo é necessário porque ele é o coração e o corpo da história – eu sempre tive essa imagem quando lia Brokeback Mountain sobre esses caras fazendo amor de um jeito selvagem, no frio, nas montanhas. Quase uma forma de sobreviver para eles. No final das contas eles descobrem que não era só sobrevivência, e eles se surpreendem. E eu amo o filme, os atores fizeram um trabalho incrível, mas sempre fico pensando em como a autora gostaria de ver sua história no cinema, e não como Hollywood a queria”.


Novo filme de Almodóvar ganha trailer legendado

O filme vencedor de 3 Oscars, focado no romance entre os caubóis Ennis (Heath Ledger) e Jack (Jake Gyllenhaal), também é considerado uma das mais importantes histórias de amor do cinema e também uma das maiores injustiças do Oscar – que preferiu premiar Crash como melhor filme de 2005.