A franquia Star Wars historicamente não tem uma boa relação com o mercado chinês, e como hoje em dia trata-se de um dos locais mais importantes em termos de bilheteria para os estúdios, Rogue One: Uma História Star Wars vai ter que se provar forte por lá.

Por enquanto, no entanto, parece que vai ser difícil: uma nova análise do Hollywood Reporter diz que muitos espectadores chineses, ao verem o trailer da atração, não gostaram dos papeis coadjuvantes dados à Donnie Yen e Jiang Wen, que são ambos enormes astros na China.

A inclusão dos dois atores é estratégica, mas muitos espectadores chineses se disseram cansados de filmes hollywoodianos escalando astros chineses em papeis secundários.


As 10 maiores revelações do novo trailer

Rogue One: Uma História Star Wars vai explicar a origem da Força

Em um tempo de conflito, um grupo de heróis improváveis se junta para uma missão: roubar os planos iniciais para a construção da Estrela da Morte, a arma de destruição em massa do Império. Esse evento importante na linha do tempo de Star Wars junta pessoas ordinárias que escolhem fazer coisas extraordinárias, e se tornam parte de algo muito maior do que eles mesmos, diz a sinopse do filme.

A batalha começa em novo pôster e vídeo de Rogue One

Felicity Jones (A Teoria de Tudo) vive a protagonista, uma soldado da Resistência. Riz Ahmed (O Abutre), Ben Mendelsohn (Bloodline), Jonathan Aris (da série Sherlock), Diego Luna, Jiang Wen, Forest Whitaker, Mads Mikkelsen e Alan Tudyk também estão no elenco. Darth Vader faz uma participação especial.

Conheça todos os personagens de Rogue One

Com roteiro de Chris Weitz (Cinderela) e direção de Gareth Edwards (Godzilla), Rogue One: Uma História Star Wars estreia em 16 de dezembro deste ano, preparando terreno para a estreia de Star Wars: Episódio 8 em 2017.