O diretor Gareth Edwards conversou com a Empire sobre o seu Rogue One: Uma História Star Wars, e contou que quanto mais pensa no título escolhido para o filme, mais entende que ele é profundo em muitos níveis.

“Eu estive pensando muito sobre ele ultimamente. O que ‘Rogue One’ significa? Sim, é uma denominação militar, mas é também o primeiro filme da franquia Star Wars que não entra na continuidade da série principal, então somos o ‘primeiro rebelde’ [uma possível tradução de ‘rogue one’ do inglês]. Além disso, o título fala de Jyn Erso também, então há um monte de significados diferentes para o mesmo título, é incrível. Ainda bem que escolhemos esse”, riu.

As 10 maiores revelações do novo trailer


Rogue One: Uma História Star Wars vai explicar a origem da Força

Em um tempo de conflito, um grupo de heróis improváveis se junta para uma missão: roubar os planos iniciais para a construção da Estrela da Morte, a arma de destruição em massa do Império. Esse evento importante na linha do tempo de Star Wars junta pessoas ordinárias que escolhem fazer coisas extraordinárias, e se tornam parte de algo muito maior do que eles mesmos, diz a sinopse do filme.

A batalha começa em novo pôster e vídeo de Rogue One

Felicity Jones (A Teoria de Tudo) vive a protagonista, uma soldado da Resistência. Riz Ahmed (O Abutre), Ben Mendelsohn (Bloodline), Jonathan Aris (da série Sherlock), Diego Luna, Jiang Wen, Forest Whitaker, Mads Mikkelsen e Alan Tudyk também estão no elenco. Darth Vader faz uma participação especial.

Conheça todos os personagens de Rogue One

Com roteiro de Chris Weitz (Cinderela) e direção de Gareth Edwards (Godzilla), Rogue One: Uma História Star Wars estreia em 16 de dezembro deste ano, preparando terreno para a estreia de Star Wars: Episódio 8 em 2017.